Conheça os benefícios do chimarrão

chimarrão

O mate, que é originário dos povos indígenas, foi adotado como a bebida mais tradicional no Rio Grande do Sul. Oferecer chimarrão representa para os gaúchos um ato de amizade. Ele, além de uma delícia, contém diversos benefícios à saúde. Então, nós resolvemos listar alguns:

1 – Elimina a fadiga – O chimarrão possui alcaloides, sendo o principal a cafeína. Eliminando assim, o cansaço, tanto físico como mental. Irá proporcionar mais energia na hora de enfrentar uma atividade física;

2 – Evita doenças cardiovasculares – A erva possui grande quantidade de polifenóis, substâncias que auxiliam no combate a essas doenças;

3 – É Digestivo – A erva-mate possui propriedades digestivas, laxativas, combatendo a constipação intestinal;

4 – Diurético – Como o chimarrão é tomado quente, fortalece ainda mais a capacidade diurética. Beneficia quem tem retenção de líquidos. Nesse sentido, um cuidado especial deve ser tomado: Muitas pessoas substituem, erroneamente, o consumo de água pelo consumo do chimarrão. Cuidado! O chimarrão elimina a água do organismo. A ingestão de água é fundamental para a hidratação;

5 – Contém quase todas as vitaminas necessárias ao organismo: B1, B2, B6, C, E e D. Além disso, contém sais minerais, como o ferro, fósforo, potássio e manganês;

6-  Ação antioxidante, anti-inflamatória e antimutagênica, que ajudam na prevenção do envelhecimento celular. Há estudos que dizem também que o chimarrão auxilia na redução do peso.

Quanto ao seu consumo, as cuias devem possuir pescoço e estar bem secas. Clique aqui para conferir uma coleção de cuias que preparamos para vocês. Todas produzidas em cerâmica de alta qualidade, material atóxico e resistente a choques térmicos. Algumas peças são lindíssimas e possuem desenho em alto relevo.

É importante salientar que várias doenças são transmitidas pelo compartilhamento das cuias. É fundamental que cada pessoa tenha a sua, pois a temperatura da água não atinge a fervura e não consegue matar as bactérias.

cuia_rs_media
Quanto a conservação, a erva deve ser mantida no congelador. Assim, ela pode ser consumida por, pelo menos, mais dois anos. Confira aqui algumas opções para armazenar a erva.

porta_ervas_marrom

Outro cuidado importante é com relação à temperatura da água. A temperatura ideal é de no máximo 70ºC. Isso porque a alta temperatura da água pode contribuir para o aparecimento de lesões na boca e na garganta, além de machucar as papilas gustativas da língua, causando perda parcial do paladar.

Com essa lista, esperamos que você possa trazer esse costume para o seu dia a dia.

Seu uso pode causar dependência. Se os sintomas persistirem, uma nova térmica deverá ser tomada. =P

Gostou da dica? Continue acompanhando o Blog Que Cozinha, não deixe de conferir nossa Loja Virtual e nossa página no Facebook!

 

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.